novembro-teve-acoes-para-promocao-de-cafe-moveis-plasticos-e-defesa-em-dubai_14_2825.jpg
01 dez

NOVEMBRO TEVE AÇÕES PARA PROMOÇÃO DE CAFÉ, MÓVEIS, PLÁSTICOS E DEFESA EM DUBAI

Em novembro, a Apex-Brasil esteve envolvida em iniciativas para promoção das exportações de quatro setores brasileiros para os Emirados Árabes Unidos: cafés, móveis, plásticos e produtos de defesa. Ações diversificadas, que foram de elaboração de estudos a encontros virtuais,  passando por iniciativas de exposição e degustação de produtos, contribuíram para levar os produtos brasileiros para este mercado, que é um grande importador e estratégico para as exportações brasileiras.



Uma das iniciativas ocorreu presencialmente em Dubai: o evento Brazilian Coffee Week, iniciativa organizada pela Embaixada do Brasil em Abu Dhabi, em parceria com o escritório da Apex-Brasil em Dubai, com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira e com o Museu do Café em Dubai. A ação possibilitou que cinco empresas do setor expusessem os cafés brasileiros ao público local.



Foi montada uma estação de cafés brasileiros no Museu e, a cada dia, uma das empresas participantes pôde expor e realizar a degustação de produtos do seu portfólio. Participaram a Easternmen & Co., a Coffee Planet, a Nativo.ae, a Ducoffee, a Ally Coffee e a Emirati Coffee. Todas trabalham com importação, distribuição ou torrefação de cafés brasileiros e já atuam no mercado dos Emirados Árabes Unidos.



Além da degustação dos cafés, em sua maioria cafés especiais, os visitantes do Museu puderam provar alimentos tipicamente brasileiros, como pão de queijo, bolo e tapioca, preparados e fornecidos por empresa de chef brasileiro, AMF Comfort Food Trading, estabelecida nos Emirados Árabes Unidos. A ação seguiu os protocolos para evitar a transmissão da Covid-19, recebendo apenas 20 pessoas de cada vez.



O evento contou com a presença da mídia local e de influenciadores e profissionais do setor, incluindo membros da Specialty Coffee Association, além de visitantes diversos. Na abertura, estiveram presentes o embaixador do Brasil em Abu Dhabi, Fernando Igreja, o embaixador dos Emirados Árabes Unidos no Brasil, Saleh Al Suwaidi (de forma remota), a chefe do escritório da Apex-Brasil em Dubai, Karen Jones, o chefe do escritório internacional da Câmara Árabe em Dubai, Rafael Solimeo, e o dono do Museu do Café de Dubai, Khalid Al Mulla.





Defesa



Já no caso do setor de Defesa, a opção foi pela realização de um encontro virtual de negócios, o Brazilian Defense Day. O evento, organizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE), em parceria com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira, ocorreu na terça-feira (24/11) e envolveu também representantes do escritório da Apex-Brasil em Dubai, dos Ministérios da Defesa e das Relações Exteriores do Brasil, de órgãos oficiais dos Emirados Árabes Unidos e das organizações Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), além de empresários do segmento industrial de defesa. O intuito foi o de dar continuidade ao fortalecimento da parceria estratégica entre os dois países.



O Webinar serviu como preparação para a participação brasileira na Internacional Defence Exhibition (IDEX) 2021, feira de defesa prevista em fevereiro do próximo ano, na cidade de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.  Para o evento, a Apex-Brasil organizará um estande, em parceria com o Ministério da Defesa e Associações, promovendo os produtos de defesa das empresas brasileiras da Base de Indústrias de Defesa (BID).

 



Móveis



No setor de móveis, a novidade foi o lançamento, nesta semana, do estudo de Oportunidades para os Emirados Árabes Unidos, realizado pelo projeto Brazilian Furniture, parceria da Apex-Brasil com a Associação Brasileira. O estudo traz um panorama sobre o mercado de móveis e colchões nos EAU e o desempenho brasileiro na região.

 



Plásticos



No dia 18/11, ocorreu o webinar World Plastic Connection, que apresentou os dados de Estudo de Mercado para o setor nos mercados dos Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita, produzido pelo escritório da Apex-Brasil em Dubai. O estudo mostra que existem boas oportunidades para a venda de itens plásticos nos setores de casa, construção civil, embalagens e agrobusiness. Especialmente em Construção Civil os preparativos para a Expo 2020 (adiada para acontecer em 2021 devido à pandemia de COVID-19) têm aquecido o setor.

 



Mercado



Os Emirados Árabes Unidos são um dos principais mercados do Oriente Médio para o Brasil. O país, que teve um PIB nominal de US$ 416,7 bilhões em 2019, importou naquele ano US$ 267,9 bilhões em bens sendo que 1% do total (US$ 2,7 bilhões) teve origem no Brasil. As exportações brasileiras para o país estão concentradas em produtos como carne de frango in natura (22,8% das exportações), carne bovina in natura (19,7%), metais e pedras preciosas (14,6%), açúcar em bruto (8,3%) e celulose (3,9%).



O país é mercado-alvo de 13 projetos setoriais da Apex-Brasil, dos segmentos de indústria e serviços e agronegócios.



Fonte: Apex-Brasil


ibá - indústria brasileira de árvores
sebrae
sistema fiep
cni - confederação nacional da indústria
brasilian furniture
apexbrasil
ministérios das relações exteriores
pátria amada brasil