industria-brasileira-de-moveis-registra-us-4052-milhoes-em-negocios-durante-a-expo-mueble-internacional-invierno_14_2076.jpg
19 fev

Indústria brasileira de móveis registra US$ 4.052 milhões em negócios durante a Expo Mueble Internacional Invierno

Uma delegação de 14 empresas brasileiras fabricantes de móveis participou da Expo Mueble Internacional Invierno, em Guadalajara, México, entre os dias 14 e 17 de fevereiro, sendo considerada a maior feira comercial do setor na América Latina. A missão comercial ao México também contou com o Seminário Técnico do Brasil e faz parte de uma agenda de inteligência comercial apresentada pela Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário - ABIMÓVEL - e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos – APEX-BRASIL, através do Projeto Brazilian Furniture. Durante o Seminário, foram apresentados dados sobre as exportações, além do destaque ao alto índice de compra da América Latina.





Com grande potencial prospectivo, o México é o 10º país no mundo que mais consome os móveis brasileiros, tendo importado, no último ano, segundo dados oficiais, US$ 203,78 milhões do segmento “Metal”; US$ 200,75 milhões no de “Madeira”; US$ 182,43 milhões no de “Estofados”; e US$ 10,11 milhões no nicho de “Colchões”. Durante os quatro dias de feira, as empresas Belaflex, Bertolini, Brisa Casa, BRV Móveis, Carraro Móveis, Cavaletti, Finestra Móveis, Henn, Lanci, Linea, Multimóveis, Rhodes, Telasul e Unicasa Móveis geraram US$ 4.052 milhões em negócios para os próximos meses. Os principais países de origem dos compradores foram o México, Guatemala, EUA, El Salvador, Honduras, Panamá, Porto Rico e Canadá. Outro resultado muito positivo foram os mais de 480 contatos comerciais, sendo que 402 são de novos prospects.





A Expo Mueble Internacional Invierno foi criada em 1982, por iniciativa da Associação de Fabricantes de Jalisco - AFAMJAL - e, ao longo do tempo, consolidou-se como uma das principais plataformas de negócios para a indústria de móveis e decoração do México. Em suas duas edições anuais – a de inverno e a de verão – a Expo Mueble Internacional recebe mais de 900 expositores e um público de 25 mil pessoas nos 75 mil metros quadrados, além de 1 bilhão de pesos mexicanos em negócios.



 



FUTURO MAIS PROMISSOR PARA O MÓVEL BRASILEIRO

Um dos maiores destaques desta edição da feira foi o espaço Brasil, que proporcionou maior visibilidade ao nosso país, por estarmos em uma área exclusiva e bem localizada. O projeto Brazilian Furniture investiu também em branding nesse mercado altamente competitivo e que durante a feira recebeu profissionais da imprensa e influenciadores, conhecendo a qualidade, design e os expositores brasileiros.





Para a diretora executiva da ABIMÓVEL, Cândida Cervieri, os negócios firmados durante a feira são resultado do trabalho realizado para o reconhecimento da qualidade do móvel brasileiro a nível internacional. “A missão comercial ao México mostrou que a promoção do móvel brasileiro no exterior gerou resultados positivos. O mobiliário brasileiro se destaca internacionalmente pelo seu design, qualidade e inovação em produtos, principalmente aos olhos do mercado mexicano que, desde 2012, possui uma taxa de crescimento médio de 3,7% nas importações”, comenta.





Dos expositores brasileiros, 92.85% avaliaram que o trabalho desenvolvido pelo Projeto BRAZILIAN FURNITURE no México foi fundamental para o alcance dos resultados. Esses indicadores levam a ABIMÓVEL e a APEX-BRASIL a entenderem como assertiva a estratégia da ação para o mercado e buscar cada vez mais novas oportunidades nos mercados-alvo do projeto e de interesse dos associados.

A próxima ação a ser realizada pelo Projeto Brazilian Furniture será o Projeto Comprador Movelsul 2018, que acontecerá entre os dias 12 e 15 de março, em Bento Gonçalves, RS.



 



NA VISÃO DOS EMPRESÁRIOS

A Carraro Móveis participa pelo oitavo ano consecutivo da feira e consolida cada vez mais a sua marca no mercado mexicano: “Depois da parceria com a Bertolini, abrindo um centro de distribuição no país, novos clientes e novos negócios surgem a cada dia. A feira proporciona uma visibilidade maior também aos países vizinhos que têm nela uma vitrine para escolha de novos fornecedores. Com o apoio da ABIMÓVEL, PROJETO BRAZILIAN FURNITURE E APEX-BRASIL, temos a certeza de que teremos ainda melhores oportunidades”.





Para a Rhodes, a quebra de paradigmas levou a empresa ao mercado externo, através de um suporte completo de atendimento, informações e dados comerciais fornecidos pelo Projeto. “Analisamos e conseguimos entender o mercado mexicano, o que nos levou a apresentar um portfólio adequado ao padrão de consumo deste país”. Com grande entusiasmo, a empresa afirma ainda que em 2019 trará novos produtos e que sua próxima feira já está confirmada para Dubai, com a comitiva do Brasil.





Já a Finestra Móveis, nos seus 30 anos de mercado, tem na Expo Mueble Invierno a sua primeira participação. “O essencial para estarmos aqui foi o apoio do projeto Brazilian Furniture e o custo zero de estrutura. Dessa forma, nos foi oportunizado um espaço para nossos produtos, abrindo novos mercados e futuras parcerias”.





Segundo a BRV, é vital sua participação na Expo Mueble, bem como o apoio da ABIMÓVEL e da APEX-BRASIL. “Estamos crescendo muito neste mercado que é relativamente novo, novas oportunidades em vendas on-line estão surgindo, enfim, diante de tantas perspectivas e possibilidades, nosso objetivo é voltar no próximo ano, pois os resultados são excelentes”.





Participando pela terceira vez consecutiva da feira, a Henn ressalta que seu principal objetivo é consolidar o trabalho feito nas edições anteriores e aumentar sua participação no mercado do México, buscando novos clientes.





Para a Multimóveis, que participa da feira desde os anos 2000, a economia está retomando o crescimento, passada a crise de 2008-2009. “No caso do mercado mexicano, estamos estreitando relações comerciais. Eles nos recebem muito bem, pois temos uma cultura parecida”. A empresa destaca, porém, que existem algumas restrições no setor. O imposto aplicado e um certo protecionismo quanto a entrada dos móveis brasileiros no país, dificultam a exportação.





Buscando alternativas, a diretoria da ABIMÓVEL, juntamente com a Embaixada brasileira e demais entidades do setor moveleiro, está, junto ao governo mexicano, com uma agenda que busca a redução das tarifas de importação, dentre outros ajustes.



 



O PROJETO

O Brazilian Furniture é um Projeto que tem como objetivo fomentar as exportações brasileiras de móveis. Fruto de uma parceria firmada entre a ABIMÓVEL - Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário com a APEX-BRASIL - Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos -. Atualmente, o Projeto atende cerca de 70 empresas de diferentes segmentos. Além de apoiar o desenvolvimento das exportações de móveis do Brasil, essa ação é relevante para a exposição dos produtos brasileiros no exterior, em diversos eventos e feiras especializadas, bem como na realização de vários Projetos Comprador e Vendedor. Para mais informações sobre o Projeto Brazilian Furniture acesse: www.brazilianfurniture.org.br ou entre em contato pelos e-mails: executiva@abimovel.com e projeto@brazilianfurniture.org.br.


ibá - indústria brasileira de árvores
sebrae
sistema fiep
cni - confederação nacional da indústria
brasilian furniture
apexbrasil
ministérios das relações exteriores
pátria amada brasil