dor-no-corpo-no-home-office-cadeira-pode-ser-o-problema;-saiba-como-escolher-a-sua_14_2959.jpg
01 abr

Dor no corpo no home office? Cadeira pode ser o problema; saiba como escolher a sua

Cadeira adequada pode evitar futuros problemas de saúde, dizem médicos. Entenda como manter a postura correta no trabalho e fazer adaptações na cadeira que já tem.



Tensão nos pulsos, pescoço "pesado" e aquela famosa dor na lombar são constantes reclamações de quem está em home office.



A cadeira é um móvel essencial para quem trabalha em casa. Companheira de horas e horas no trabalho, ela precisa ser adequada para tornar a rotina mais confortável e não trazer problemas de saúde, dizem especialistas consultados pelo G1.



 



'Cadeira adequada' tem preço alto



As cadeiras para o trabalho devem ter, no mínimo, encosto anatômico para as costas e regulagem de altura. É possível adaptar a que se tem em casa (veja a imagem abaixo).



Se for comprar, é bom saber que se trata de um investimento que não sai barato. Os modelos considerados adequados para trabalhar possuem preços altos.



"Uma cadeira básica, com garantia de fábrica, e uma boa certificação vai custar atualmente entre R$ 800 a R$ 3 mil", afirma Claudio Muzi, vice-presidente da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel).



Para garantir a qualidade da cadeira e não cair em "roubada", siga as seguintes dicas:



- Confira se a cadeira segue a NBR13962 (norma para as cadeiras de escritório); isso deve ser apontado no manual.



- Prazo de garantia importa: garantias mais longas indicam maior durabilidade do produto;



- Procure produtos que tenham assistência técnica disponível no país.

 



Corpo vai avisar se algo estiver errado



Quer saber se sua cadeira é adequada? "Pergunte" ao seu corpo. Fique atento aos sinais como dores ou perda de força. E, se os incômodos persistirem de 6 a 8 semanas, procure um médico.



Os principais impactos a longo prazo de uma postura errada na cadeira são na coluna cervical, na lombar e na dorsal, explica Alexandre Fogaça, presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, da Regional de São Paulo (SBOT-SP).



Os reflexos de uma postura inadequada podem aparecer em outros momentos do dia, não somente durante o trabalho. "A dor pode acordar a pessoa durante a noite", diz o médico.



CLIQUE AQUI E ASSISTA O VÍDEO - CUIDADOS COM A POSTURA NO HOME OFFICE



 



Cadeira 'não pode ser notada'



Mas como saber se estou em uma posição adequada? A resposta é que a cadeira não deve "ser percebida", ou seja, o quanto menos você lembrar dela durante o dia, melhor.



"A palavra-chave é conforto. Tudo tem que ser executado com o menor gasto energético possível, sem esforço e sem sobrecarregar o corpo", explica Patrícia Collares, professora do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal do Ceará (UFC).



Junto ao professor Rodrigo Fragoso, também da UFC, eles foram responsáveis em elaborar o Manual de Ergonomia para uso de dispositivos de tela em home office. "Existe uma postura padrão [como mostrado no infográfico acima], mas será que conseguimos ficar assim o tempo todo?", indica Fragoso.



"Não tem uma receita pronta e nem uma resposta pronta para todas as condições", acrescenta Patrícia Collares, da UFC.



 



Dicas além da cadeira



Os fisioterapeutas indicam pausas e outras dicas para o ambiente de trabalho em casa:




  • Fuja dos ruídos: um local silencioso ajuda na concentração.

  • Evite ficar com a face voltada a luzes fortes: a visão não pode ser ofuscada por outras luminosidades, como o sol ou uma lâmpada.

  • Faça pausas: o recomendo é se levantar quando sentir que está precisando, fazer algum relaxamento ou movimento que te traga conforto.

  • Longe do celular: é importante não usar o momento de pausa para ficar olhando no smartphone, para que a mente e os olhos possam descansar de verdade.



CLIQUE AQUI E ASSISTA O VÍDEO - AMBIENTE BEM ESTRUTURADO DENTRO DE CASA FACILITA O HOME OFFICE



 



Por Rafael Miotto para o G1 - Clique aqui e acesse


abimovel: moveis o nosso negocio
ibá - indústria brasileira de árvores
sebrae
sistema fiep
cni - confederação nacional da indústria
brasilian furniture
apexbrasil
ministérios das relações exteriores
pátria amada brasil