divulgados-numeros-das-exportacoes-de-moveis-do-mes-de-maio_14_1960.jpg
13 jul

DIVULGADOS NÚMEROS DAS EXPORTAÇÕES DE MÓVEIS DO MÊS DE MAIO

A ABIMÓVEL e a APEX-BRASIL, divulgaram os dados do monitoramento das exportações de móveis baseado no mês de maio/2018. O relatório faz parte do conjunto de ações de Inteligência Comercial e Competitiva do Projeto Brazilian Furniture e constitui um importante meio de acompanhar e planejar as ações de exportação do Projeto Brazilian Furniture.



O monitoramento das exportações de móveis acompanha o comércio das verticais de móveis: Estofados, Madeira, Colchões e Metais. Em maio de 2018 observa-se retração média de 16,6% dessas verticais, quando comparadas com as exportações de maio de 2017. Contudo, no desempenho acumulado no ano de 2018, ou seja, de janeiro a maio, percebe-se crescimento de 9,8% em relação ao mesmo período de 2017.



O panorama geral revela ainda que o principal segmento de móveis exportado pelo Brasil é o de Móveis de Madeira. Nos últimos 12 meses, no mínimo 85% das exportações de móveis foram desse segmento.



Em relação aos principais destinos do total das exportações de móveis, os Estados Unidos apresentam-se como o mais relevante, tendo importado cerca US$ 58,1 milhões no ano de 2018. Outros mercados muito importantes são o Reino Unido, Peru e Uruguai; juntos os quatro principais destinos representam 56% das exportações brasileiras de móveis realizadas em 2018. Além disso, entre os dez principais destinos, destaca-se ainda o desempenho das exportações brasileiras para os Países Baixos (Holanda), que cresceu 76,5% em maio de 2018, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, e 86,8% quando considerado o acumulado no ano de 2018 em relação ao acumulado de janeiro a maio de 2017.



Por fim, o panorama dos mercados-alvo indica elevação das exportações brasileiras de móveis (total dos segmentos) para os Estados Unidos (+14,0%), Peru (+0,6%) e Reino Unido (+1,1%) no acumulado do ano de 2018, na comparação com o mesmo período de 2017. Por outro lado, Chile, Colômbia, Emirados Árabes Unidos, México e Panamá apresentam quedas no resultado agregado desse indicador, mas em alguns desses mercados ainda se observam segmentos com desempenho positivo, como o de Estofados e Móveis de Metal no Chile, Móveis de Madeira e Colhões na Colômbia, Móveis de Madeira no México e Estofados no Panamá.



Para saber mais, acesse o relatório completo com tabelas e números detalhados. Seja associado, junte-se a nós para planejar e crescer com o setor moveleiro brasileiro. 


ibá - indústria brasileira de árvores
sebrae
sistema fiep
cni - confederação nacional da indústria
brasilian furniture
apexbrasil
ministérios das relações exteriores
pátria amada brasil