iF Design Award 2021: Brasil é ouro na maior premiação do design mundial

Duas peças de design nacional inscritas pelo Projeto Brazilian Furniture foram destaques na premiação. Projeto da Choque Design + Móveis James recebeu o prêmio principal

Levar a originalidade e a pluralidade da indústria de móveis e do design brasileiro cada vez mais longe é a principal missão do Projeto Setorial Brazilian Furniture, iniciativa da ABIMÓVEL – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário e da Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos. Características que se confirmaram em mais uma edição do iF Design Award, que neste ano coroou um móvel brasileiro com o iF Gold Award — categoria máxima deste que é considerado o “Oscar” do design mundial.

Conheça a Adega Cacho: projeto assinado por Dimitri Lociks Cavalcanti de Gusmão e Simone Turíbio Brígido, do escritório brasiliense Choque Design, para a marca catarinense Móveis James. “Uma prateleira de vinhos que pode ser facilmente confundida com uma obra de arte”, “o casamento ideal entre o funcional e o estético”. Essas foram apenas algumas das expressões utilizadas pelo júri do prêmio na avaliação final da adega. Inspirada nas curvas dos cachos de uva e nas esculturas de metal do movimento neoconcretista brasileiro, a peça tem a proposta de ser um objeto de parede ao mesmo tempo útil e decorativo.

A simplicidade inteligente do desenho e o uso de pouquíssimos materiais – chapas modulares de aço em formato de “J” e pequenas tiras de feltro que recebem as garrafas no interior de cada célula – refletem-se tanto num visual limpo, elegante e atemporal quanto numa produção rápida e de baixo custo. Resultando, assim, em um produto de design acessível e sustentável, tendo em vista, ainda, que toda a adega pode ser facilmente reciclada ao final do seu ciclo de vida. Além disso, ela é uma ótima opção para ambientes pequenos ou grandes, por ser modular e aproveitar espaços estreitos e verticais, como colunas, nichos embutidos, pilares e cantos estreitos.

 

Design Integrado à Indústria do mobiliário como diferencial competitivo

Realizado anualmente, o iF Design Award identifica design de destaque, sua relevância para os negócios e a vida cotidiana, outorgando aos premiados um dos mais importantes avais de qualidade do mundo. Entre cerca de 10 mil projetos inscritos em 2021, o Gold Award foi concedido para apenas 75 projetos, incluindo a Adega Cacho. A peça, aliás, foi inscrita na premiação por meio do Projeto Brazilian Furniture, que tem como um dos motes o programa Design Integrado à Indústria. 

“Estamos extremamente felizes e honrados em ter alcançado a medalha de ouro nessa que, para nós, é a premiação máxima do design. Esperamos que, com esse reconhecimento, as indústrias brasileiras percebam que quando elas apostam no design é possível chegar a resultados excepcionais”, ressalta Lociks, um dos criadores da peça em nome de todo o time Choque Design. 

“Ganhar um prêmio tão importante quanto o iF Gold Award nos dá visibilidade a nível global, colocando a indústria e o design brasileiro em igualdade com os maiores países do mundo”, ressalta Jaime Pfutzenreuter, diretor-comercial da Móveis James. “Este reconhecimento demonstra que estamos no caminho certo ao investir no design como uma ferramenta de diferenciação para nossa indústria. Criar o desejo no consumidor final requer um trabalho muito bem planejado antes de sair do papel e foi isso que a Choque Design fez ao desenhar a Adega Cacho”, complementa.

 

Brasil é destaque no “Oscar” do design mundial

Além da adega, outros 17 projetos brasileiros foram premiados na edição do iF Design Award deste ano. Incluindo o Aparador Horizonte, criação de Lia Siqueira, da Azul Arquitetura e Design, para a ETEL, também inscrita na premiação pelo Brazilian Furniture. 

Destaque na disciplina Produto, o aparador é inspirado no raciocínio arquitetônico e na arte, tendo surgido da união entre ritmo e ação, uma série de repetições transformada em uma estrutura harmônica e homogênea. O exercício linear modelado em triângulos, possibilitou a construção de gavetas invisíveis, usando a técnica sofisticada de marcenaria. Com presença física, o aparador, embora bastante funcional, parece flutuar no horizonte.

“A partir de um trabalho árduo, estamos confirmando de vez o potencial brasileiro como uma grande escola de design, uma referência mundial”, reforça Lissa Carmona, CEO da ETEL. “Precisamos mostrar ao mundo aquilo em que somos excelentes. Temos de estar sempre atentos, investirmos e colocarmos a qualidade como meta, competindo de igual para igual com mercados como o americano e o europeu. Nesse sentido, é muito importante a parceria de entidades como a ABIMÓVEL e a Apex-Brasil na busca por empresas capazes de mostrar este Brasil para o mundo, selecionando e promovendo o que temos de melhor.”

Ainda na disciplina Produto foi premiada também a Cadeira ETTA, da Sollos, por Jader Almeida. Confirmando o posicionamento da indústria brasileira para uma produção cada vez mais orientada pelo design.

Para a ABIMÓVEL e a Apex-Brasil, o momento é de grande orgulho e de dever cumprido. “Nosso objetivo por meio do Brazilian Furniture será sempre o de ampliar a competitividade e a inserção da indústria moveleira no cenário nacional e internacional. Acreditando no design integrado à indústria, nos profissionais e escritórios de design nacionais, nas matérias-primas, na diversidade e na originalidade tipicamente brasileiras para gerar ainda mais diferenciais de mercado. Fatores que apenas se confirmam com os resultados alcançados pelos projetos brasileiros no iF Design Award 2021”, finaliza Cândida Cervieri, diretora executiva da ABIMÓVEL.

 

MÓVEIS: O NOSSO NEGÓCIO!
Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário – ABIMÓVEL

Assessoria de Imprensa: Thaís Laurindo | press@abimovel.com | +55 14 99857-0108

 

Compartilhe: