Desemprego recua para 8,7% e atinge 9,5 milhões no Brasil

A taxa de desemprego voltou a recuar no Brasil e atingiu 8,7% no terceiro trimestre deste ano, informou nesta quinta-feira (27) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). É o menor patamar desde o segundo trimestre de 2015 (8,4%).

O resultado veio em linha com as expectativas do mercado financeiro. Analistas consultados pela agência Bloomberg projetavam taxa de 8,7% até setembro.

A desocupação marcava 9,3% no segundo trimestre, o mais recente da série histórica comparável da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). No trimestre até agosto, que integra outra série da Pnad, a taxa já estava em 8,9%.

O número de desempregados, por sua vez, recuou para 9,5 milhões no trimestre até setembro. É o menor nível desde o intervalo de outubro a dezembro de 2015 (9,2 milhões). O contingente somava 10,1 milhões no segundo trimestre deste ano.

 

( * ) Com informações da Folha de São Paulo
Compartilhe: