BRAZILIAN FURNITURE DIVULGA ESTUDO DE OPORTUNIDADES: COLÔMBIA

O Projeto Setorial, fruto da parceria entre a Abimóvel e Apex-Brasil, apresenta dados importantes para empresas exportadoras e com potencial exportador

Os estudos de oportunidades são um complemento ao estudo intitulado “Brasil para o Mundo”, material que aborda de forma detalhada o mercado brasileiro de móveis e colchões, e apresenta como pano de fundo o mercado do setor, além do desempenho do Brasil como seu parceiro comercial.

Os dados estatísticos apresentados retratam a evolução do mercado nos últimos cinco anos, compreendendo o período entre 2015 e 2019, de forma a permitir análises e projeções sobre o seu crescimento em curto e médio prazos.

Na área restrita do Brazilian Furniture, pode-se encontrar estudo de oportunidade de países como Alemanha, Chile, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, México e Peru. O Estudo de Oportunidades UZBEQUISTÃO E RÚSSIA, realizado pela embaixada do Brasil em Moscou, com apoio do Projeto Brazilian Furniture, Abimóvel e Apex-Brasil, também está disponível.⠀

 

ÚLTIMO ESTUDO DISPONÍVEL: COLÔMBIA

A Colômbia é a 37ª maior economia do mundo e a 56ª economia mais complexa, segundo o Índice de Complexidade Econômica (ICE), o qual utiliza a pauta exportadora de um país para medir a sofisticação tecnológica da sua produção. Em 2019, o PIB da Colômbia foi de US$ 323,8 bilhões, resultando em um PIB per capita de US$ 6.432. Em 2018, o país esteve na 96ª posição no ranking dos maiores PIB per capita. Exportou US $ 39.5 bilhões e importou cerca de US$ 50.4 bilhões no ano de 2019, números que trouxeram, por consequência, um saldo comercial negativo de US$ 10.9 bilhões.

A Colômbia não consegue atender a demanda interna com o seu nível de produção atual, ambiente que propicia que as importações tenham uma grande participação no consumo, e como resultante, trazem um impacto significativo na satisfação dos consumidores colombianos. O país conta com mais de treze acordos comerciais, incluindo Estados Unidos e União Europeia, além dos que existem em razão de ser um associado ao Mercosul.

A análise das importações globais da Colômbia permite visualizar o lado da demanda e identificar os principais segmentos e tendências das compras no exterior para o mercado de móveis e colchões. Em termos de participação, observa-se que as categorias de móveis e assentos possuem participação expressiva entre os produtos importados, sendo de 49,8% e 49,2%, respectivamente.

Em 2019, as importações colombianas de móveis e colchões totalizaram US$ 144,2 milhões, um recuo de 14,7% quando comparado com 2015, porém quando comparado ao ano de 2018, observa-se uma queda de 3,6%.

 

Faça parte do BRAZILIAN FURNITURE – Clique aqui e saiba mais

Para acessar o estudo completo, acesse a área restrita no site brazilianfurniture.org.br

MÓVEIS, O NOSSO NEGÓCIO.

Compartilhe: